Scroll Top

Curiosidades

Como o empreendedorismo deve pensar sobre uma das sete maravilhas do mundo

O exemplo de um projeto que levou muitos anos, dinheiro e trabalho na sua construção, sendo uma das maiores obras da humanidade e uma das sete maravilhas do mundo.

Das Sete Maravilhas do Mundo Antigo, há quem diga que o tempo esqueceu as 80 pirâmides que se erguem, há mais de 4.000 anos, entre o deserto líbico e o menfita, a uns 10 quilômetros do Cairo no Egito.

As pirâmides são as únicas sobreviventes. Continuam firmes, pedra sobre pedra, desafiando as leis naturais do desgaste da matéria.

A maior delas, é a primeira, construída por Quéops, o mais rico de todos os faraós. Medindo cerca de 148 metros de altura e 234 de base, sendo empregado na sua construção, aproximadamente 100.000 operários durante 20 anos, revezando-se de 3 em 3 meses, sendo que muitos deles morreram sob os gigantescos blocos de pedra.

queops1gHá algumas versões sobre essas pirâmides. Segundo autores bizantinos, baseados numa tradição judia, elas teriam sido os celeiros construídos por José para neles conservar os cereais que recebeu dos egípcios durante os sete anos de abundância e que os vendeu durante os anos de escassez.

Quéops gastou quase toda a sua fortuna na construção dessa pirâmide e mandou gravar nas faces da pirâmide a quantia gasta na compra de cebolas e rabanetes para o sustendo dos operários.

Erguida sobre uma calçada de 300 metros de extensão, a famosa pirâmide constitui-se de 2.300.000 blocos de granito de um peso médio de 2.000 quilos, e ergue-se numa área de 54.000 metros quadrados.

Quéops, foi sepultado na sua pirâmide acompanhado de todas as suas riquezas. O explorador inglês Perring, com autorização do governo Egípcio, adentrou nesse colosso da antiguidade e decepcionou-se ao verificar que o sarcófago estava violado e destruído pelos ladrões.

À pirâmide de Quéops seguiram-se as de Quéfren Micerino, seus sucessores. A de Micerino é a mais rica, apesar de ser a menor das três. Termina numa espécie de terraço. O faraó aí foi sepultado numa antecâmara hermeticamente fechada por três portas de granito e ouro, a fim de evitar a profanação do cadáver. Junto a Micerino acha-se Nitókris, sua herdeira.

Em 1922, foi encontrada a múmia do rei Tutankhámon, em uma

Está gostando?

Assine nossa lista e fique por dentro de todas as nossas publicações.

 das menores pirâmides. Durante 30 séculos, o corpo desse faraó, esteve sepultado numa pequena antecâmara de 200 metros quadrados. A relíquia histórica foi encontrada por um grupo de cientistas ingleses. O que mais chamou a atenção dos exploradores foi a grande quantidade de pão depositado sobre o riquíssimo ataúde de Tutankhámon.

Objetos de ouro, móveis, anéis, sapatos e moedas, ocupavam quase todo o espaço destinado à câmara mortuária do faraó.

É impossível não viajar no tempo imaginando uma história espetacular como essa, ocorrida justamente em uma das Sete Maravilhas do Mundo, onde cientistas e exploradores se debatem para confirmarem com total exatidão o que realmente foi empreendido para a construção desses monumentos.

Nossas mentes entram em pensamentos mirabolantes tentando construir o cenários desse mundo naquela época. Como teria sido feito o transporte dos blocos de pedra, quem foi o escolhido para projetar e organizar a construção. Que processos foram necessários para colocar em prática as ideias dessa construção. Porque escolheram esse local e o que ele tinha de especial?

No empreendedorismo não é diferente, seja a ideia de negócio grande ou pequena, sempre haverá a necessidade do planejamento. Colocar as ideias no papel, organizá-los, criar um fluxo de apontamentos em grupos macros que irão se desdobrar em pequenos grupos de atividades mais detalhadas, que permitirão a sua organização e execução.

Assim como a primeira pirâmide foi construída, de bloco em bloco, tornando-se uma enorme estrutura, também nosso negócio deve ser pensado, idealizado e executado de bloco em bloco. Facilita a execução de uma atividade de cada vez, ao invés de fazer várias ao mesmo tempo.

Por isso a necessidade do planejamento. Pense o negócio como um todo e divida em partes. Registre o que será necessário para colocá-los em prática. Defina as prioridades e sequência para a execução.

Será mais fácil perceber se você não está executando uma atividade dependente de outra, ou seja, executando uma atividade que será impossível de finalizar, sem antes terminar a outra.

Por exemplo, em negócios online, você não conseguirá criar um site, montar sua estrutura, definir suas características, escolher o nicho de mercado, design do site, ferramentas necessárias para facilitar o seu trabalho, sem antes escolher um nome de domínio e registrá-lo.

Se for trabalhar com produtos e vendas pela internet, você terá que encontrar e selecionar os fornecedores, tipos de produtos, pesquisar quais vendem mais, definir estoques e como controlá-los, quais ferramentas são necessárias, definir e controlar o  fluxo de caixa, formas de entrega, suporte pós venda, políticas de trocas, enfim são tantos detalhes, que se não forem organizados, você corre o risco de afundar em problemas e dívidas que podem levar anos para serem saldadas.

Empreendedorismo exige criatividade, liderança, perseverança, flexibilidade, muita vontade de trabalhar, automotivação, formação constante, senso crítico e organização, muita organização para ordenar  os processos, executá-los e perceber as mudanças ocorridas, sejam elas boas, orientando a continuar ou ruins, mostrando que algo ou tudo precisa ser mudado, readequado para que haja sucesso.

São histórias como essa que nos fazem refletir no que desejamos para a nossa vida, sermos iguais aos trabalhadores que moveram os blocos  da pirâmide e foram meros executantes na sua construção e em muitos casos morreram entre eles ou o faraó que criou, liderou e persistiu até o final, vendo sua ideia ser concretizada e sua obra pronta.

Foram necessários muitos anos para terminá-la, e talvez no seu negócio isso também tende a ocorrer, por diversos fatores, em uma grande maioria, por falta de informação, capacitação e treinamento. Por isso a necessidade de adquirir conhecimento, para minimizar as dificuldades que possam vir. Tendo conhecimento, você tem poder.

Crie, lidere e persevere. Não morra entre os blocos. Veja a sua obra pronta.

Faça como esse “faraó da atualidade, que a cada dia coloca um bloco na sua pirâmide (clique aqui e veja o vídeo). Ele tem um projeto, automotivação, senso crítico, perseverança e organização. Procura formação constante para empreender e ter sua pirâmide.

Paz, Luz e Sucesso para você!

João Carlos TR
JCTR Marketing Profissional
“Tudo certo, tudo lindo, devagar e sempre, que o amanhã é hoje!”

 

Referências bibliográficas:

  • VIDAL, Valdomiro Rodrigues. Curiosidades, Vol. 1, 7ª Edição. Rio de Janeiro: Editora Conquista, 1962. 221p.
  • http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/Conheça-o-perfil-necessário-ao-empreendedor

 

 

  Compartilhe esse artigo nas redes sociais.

Gostou? Entre para nossa lista de contatos

Assine nossa lista e fique por dentro de todas as nossas publicações.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Registre-se e receba todas as novidades do Blog!



- Dicas
- Artigos
- Estratégias Para Ganhar Dinheiro
- Saiba tudo em Primeira Mão
- 100% GRÁTIS!
- E ainda GANHE esse e-book grátis!
 
Somos contra o SPAM.